Sobre Araxá

Home / Sobre Araxá

Conheça a História de Araxá

Seja Bem Vindo!

História Fundacional


1770 - 1915

O Nome "Araxá"

Araxá é um nome indígena que significa "Um lugar onde primeiro se avista o sol".

Araxá era uma pequena tribo aculturada, que foi aldeada nas margens do Rio Grande para tentar dar proteção aos passantes. A ameaça eram os índios caiapós que habitavam a região. Em nove anos a indefesa tribo araxá foi dizimada e extinta pelos caiapós.

Demarcação da Sesmaria do Barreiro

"Aos 25 dias do mês de agosto de 1785, nesta paragem dos Sertoins dos Arachás, debaixo da serra do mesmo nome, fincamos uma pedra em sentido perpendicular com quatro testemunhas para os 4 pontos cardeais. Daí partimos em direção ao oeste, medindo 2722 cordas de 2 braças cada uma, onde fincamos o 2º marco; daí seguimos em direção ao norte onde fincamos o 3º marco defronte a Fazenda do Campo Aberto; daí seguimos em direção ao nascente, na Fazenda Pão de Açúcar onde fincamos o 4º marco, e deste 4º marco em linha reta até o marco peão na Boca da Mata". (Termo de Demarcação da Sesmaria do Barreiro).

Terras Ricas e um pouco mais de história

Araxá tem na sua formação geológica riquezas minerais como as águas sulfurosas e radioativas, o nióbio e a apatita. Na Bacia do Barreiro, viveram mamíferos pré-históricos há milhares de anos.

Nessa região, formou-se um dos maiores quilombos de Minas Gerais, o Quilombo do Ambrósio. O colonizador aqui foi atraído pelo sal natural das águas do Barreiro. A prática da pecuária foi o motivo básico dessa ocupação, seguida por atividades paralelas como o comércio dos tropeiros e mercadores e a agricultura. Como todo esse legado cultural Araxá é, ainda, uma cidade turística e o valor das suas águas e da lama termal a fez tornar-se uma estância hidromineral. Enquanto cidade histórica, Araxá possui águas e lama medicinais, famosa pelos banhos terapêuticos. Alta e fria, florida e burguesa, serviu nos anos 1980 de cenário para a novela da Rede Manchete "Dona Beja", personagem mito da cidade, interpretada por Maitê Proença, baseada no romance de Agripa Vasconcelos. Têm no Hotel do Barreiro e no "Cristo redentor" seus pontos turísticos mais conhecidos e apreciados. Sem contar nos seus produtos artesanais, como tapetes de tear, delicados bordados, sabonetes e cremes com a lama negra, doces e as quitandas.

Dias Atuais

Uma Cidade de Referência Turística

Araxá urge como uma das cidades mais bonitas do Brasil, sua "explosão" de adjetivos notórios a destaca como Cidade Turística; tornado-se consequentemente roteiro certo de pessoas exigentes no que se refere a passeios e viagens. Desde a exuberante natureza à moderna arquitetura urbana, nota-se um misto contagiante de alegria, hospitalidade mineira,aconchego familiar, negócios empresariais, entretenimento e cultura.

A Gastronomia Singular de Minas Gerais, a Cultura de grandes e renomados artistas e intelectuais e a simplicidade cativante de uma cidade que se tornará amada pelos turistas; assim como já o é para os filhos da terra.

Geografia

Dados Geográficos importantes

A localização geográfica de Araxá é estratégica. Traçando-se um raio de 600 km, partindo de Araxá, está a região de maior concentração populacional do país, com 73% do PIB Nacional e um público potencial de 43 milhões de pessoas. A Estância Hidromineral de Araxá, no Sudoeste Mineiro, na Zona Geográfica do Alto Paranaíba, é propícia ao desenvolvimento dos diferentes ramos da atividade turística, devido a fatores históricos, geográficos e econômicos que definem o imenso potencial dessa região.

Área do município: 1.165 km² Área do perímetro urbano: 345 km²

Relevo

Constituído de terras planas e colinas, a altitude máxima é de 1.359 metros e a mínima de 910 metros. O relevo do município mostra variações entre situações geológicas típicas do cerrado e de serras. Sua vegetação intercala campos de pastagens com pequenas matas naturais, compondo paisagens deslumbrantes.

Altitude máxima 1.359 metros (Serra da Bocaina)
Altitude mínima 910 metros (Rio Capivara)
Cidade 973 metros (Igreja Matriz São Domingos)
O relevo é composto de 15% plano, 60% ondulado e 25% montanhoso.

Hidrografia

O município está localizado entre duas grandes Bacias Hidrográficas: Bacia do Rio Grande e Bacia do Rio Paranaíba. Todas possuem grande potencial hidrelétrico. Araxá integra o Circuito das Águas de Minas Gerais, reconhecido pelas propriedades terapêuticas diversificadas de suas águas medicinais. Também conhecida pelos Mineiros de a "terra da juventude" por causa de suas águas, que segundo dizem fazem milagres.

O município possui uma área de proteção especial para fins de preservação de seus mananciais.
Principais rios: Rio Tamanduá e Rio Capivara, afluentes do Rio Paranaíba.

Clima

Localizado a 973 metros de altitude, Araxá apresenta um clima clima agradável o ano todo, com temperatura média compensada anual de 21 °C e índice médio pluviométrico anual de 1550 mm, concentrados nos meses de primavera e verão.

Segundo dados do Instituto Nacional de Meteorologia (INMET), referentes ao período de abril a julho de 1965, março de 1971 a dezembro de 1984 e a partir de janeiro de 1986, a menor temperatura registrada em Araxá foi de 1,6 °C em 1° de julho de 1974, e a maior atingiu 36,9 °C em 15 de outubro de 2014. O maior acumulado de precipitação em 24 horas foi de 140,8 milímetros (mm) em 20 de janeiro de 2003. Outros acumulados iguais ou superiores a 100 mm foram 115,2 mm em 27 de janeiro de 2004, 115 mm em 6 de fevereiro de 2004, 111,8 mm em 3 de novembro de 1979, 109 mm em 23 de dezembro de 1994 e 3 de janeiro de 1997, 108 mm em 1° de dezembro de 2017 e 101,6 mm em 8 de fevereiro de 2000. Janeiro de 1997, com 557,4 mm, foi o mês de maior precipitação.