Capital Mundial do Nióbio

Home / Capital Mundial do Nióbio
Pontos Turísticos

Um metal raro no mundo, mas abundante no Brasil, considerado fundamental para a indústria de alta tecnologia e cuja demanda tem aumentado nos últimos anos. O nióbio é um elemento químico usado como liga na produção de aços especiais e um dos metais mais resistentes à corrosão e a temperaturas extremas. Quando adicionado na proporção de gramas por tonelada de aço, confere maior tenacidade e leveza. O nióbio é atualmente empregado em automóveis, turbinas de avião, gasodutos, em tomógrafos de ressonância magnética, na indústria aeroespacial, bélica e nuclear, além de outras inúmeras aplicações como lentes óticas, lâmpadas de alta intensidade, bens eletrônicos e até piercings.
 
A Companhia Brasileira de Metalurgia e Mineração (CBMM) é uma empresa privada brasileira de mineração, com sede em Araxá, no estado de Minas Gerais, que tem como foco a exploração de nióbio. Fundada em 1955, a empresa é controlada desde 1965 pela família Moreira Salles, ex-proprietários do antigo conglomerado Unibanco, e desde 2011 tem participação acionária também de investidores chineses (15%) e de um consórcio de empresas japonesas e sul-coreanas (15%).
 

 
A CBMM é responsável por mais de 80% da produção mundial de nióbio, extraído da sua mina de pirocloro (minério de nióbio) em Araxá. Como é de praxe no mercado do nióbio, a empresa não vende o minério bruto, apenas beneficiado na forma de ferronióbio, de ligas especiais para utilização a vácuo, de óxidos de nióbio e do metal puro. O beneficiamento é todo feito nas instalações da empresa, localizadas junto à mina.
Segundo dados de 2016, a CBMM produz 90.000 toneladas métricas anuais de equivalente em ferronióbio, quantidade essa que está prevista para ser aumentada para 150.000 toneladas. A jazida de Araxá contém minério suficiente para atender à demanda do mercado por pelo menos mais 200 anos às taxas atuais de consumo. A CBMM foi a primeira empresa de mineração e metalurgia no mundo a obter a certificação ISO 14001.
 
Os produtos de nióbio da CBMM são vendidos para mais de 50 países.  A companhia tem um escritório de vendas em São Paulo, um centro de comunicações corporativas em Belo Horizonte, subsidiárias de vendas na região de Pittsburgh (principal centro da siderurgia norte-americana), Amsterdã e Singapura, e distribuidores em Moscou, Mumbai, Pequim e Tóquio. A CBMM também tem uma subsidiária de tecnologia em Genebra, a CBMM Technology Suisse.
 

 

COMO CHEGAR?